5 dicas financeiras para cuidar da sua produtora de eventos

Procurando dicas financeiras para organizar sua produtora de eventos, ter maior segurança e potencializar os resultados da sua empresa?

Se a sua resposta foi “Sim”, saiba que você chegou ao lugar certo! Neste conteúdo, a Fica Tranquilo Contabilidade separou e vai apresentar de forma detalhada 5 dicas de gestão financeira que podem fazer a diferença para os resultados do seu negócio.

Sabemos que para muitos empreendedores, manter a gestão financeira dos negócios em dia, é um grande desafio. No entanto, a boa notícia é que ao contrário do que muitos pensam, não é preciso ser um especialista para mudar esse panorama.

Na prática, tudo o que você precisa, é conferir as nossas dicas e colocar todos os pontos em ação, com dedicação e empenho.

Dito isso, vamos ao que realmente interessa: as 5 dicas financeiras para que a sua produtora de eventos chegue cada vez mais longe!

1. Separe as finanças pessoais e empresariais

Quando o assunto são dicas financeiras para uma produtora de eventos ou qualquer outro tipo de negócio, o primeiro item que devemos considerar é a importância da efetiva separação entre finanças pessoais e empresariais.

Em outras palavras, o que queremos dizer, é que o empreendedor precisa controlar e administrar de forma separada, suas finanças como pessoa física e as finanças dos seus negócios.

Por falta de orientação e assessoria especializada, muitos empresários acabam misturando movimentações financeiras pessoais e movimentações empresariais, prática que resulta em uma série de problemas, incluindo:

  • Descontrole financeiro completo;
  • Dificuldade para apurar os resultados;
  • Relatórios financeiros imprecisos;
  • Problemas fiscais e contábeis;
  • Desequilíbrio orçamentário;
  • Endividamento da empresa;
  • Dentre outros problemas.

Diante do exposto, a solução para evitar esses problemas e otimizar a gestão financeira da sua produtora de eventos passa pelos seguintes procedimentos:

  1. Definição de um pró-labore (salário mensal dos sócios);
  2. Pagamento do pró-labore na conta pessoal dos sócios;
  3. Não utilização dos recursos da empresa para pagamento de despesas pessoais.

Respeitados os três passos acima, você conseguirá separar e organizar suas finanças, otimizando não só a gestão financeira da empresa, mas também as suas finanças pessoais.

Sendo assim, defina um pró-labore justo compatível com a capacidade de pagamento do seu negócio e com o que seria pago a um profissional contratado para desenvolver as mesmas funções que você.

Não use o caixa da empresa para suas despesas pessoais, utilize apenas o seu pró-labore. Desta forma sua empresa será mais lucrativa e você poderá colher bons frutos no futuro.

2. Controle o fluxo de caixa

Dando sequência às nossas dicas de gestão financeira para uma produtora de eventos, precisamos falar sobre a importância e o funcionamento do fluxo de caixa.

O fluxo de caixa é uma ferramenta utilizada pelas empresas para controlar, em ordem cronológica, todas as entradas e saídas de recursos financeiros.

Com o apoio desta ferramenta, empreendedores podem controlar os recursos financeiros da sua empresa e, com base em informações precisas, tomar decisões importantes com maior assertividade.

Após falarmos sobre a sua importância, é hora de entender como funciona a estrutura do fluxo de caixa e o preenchimento das movimentações nesta importante ferramenta.

Para isso, veja a tabela exemplo apresentada abaixo:

Controle de Fluxo de CaixaSaldo InicialR$ 1.000,00
DataTipoHistóricoValorSaldo
02/01/2022EReceitas de prestação de serviçosR$ 2.000,00R$ 3.000,00
02/01/2022SAluguel-R$ 1.200,00R$ 1.800,00
03/01/2022EReceitas de prestação de serviçosR$ 3.200,00R$ 5.000,00
03/01/2022SConta de luz-R$ 500,00R$ 4.500,00
03/01/2022SConta de água-R$ 300,00R$ 4.200,00
04/01/2022SConta de internet-R$ 100,00R$ 4.100,00
04/01/2022EReceitas de prestação de serviçosR$ 2.800,00R$ 6.900,00
05/01/2022EReceitas de prestação de serviçosR$ 4.200,00R$ 11.100,00
05/01/2022SPagamento de funcionários-R$ 8.000,00R$ 3.100,00
06/01/2022SPagamento de fornecedores-R$ 2.500,00R$ 600,00
06/01/2022EReceitas de prestação de serviçosR$ 3.500,00R$ 4.100,00
07/01/2022EReceitas de prestação de serviçosR$ 2.400,00R$ 6.500,00
07/01/2022SServiços de contabilidade-R$ 500,00R$ 6.000,00
08/01/2022EReceitas de prestação de serviçosR$ 3.400,00R$ 9.400,00
08/01/2022SImpostos-R$ 1.200,00R$ 8.200,00

Agora veja, o que significa cada campo da tabela:

  • Saldo inicial: informe o saldo inicial do caixa;
  • Data: preencha com a data dos lançamentos;
  • Tipo: informe se o lançamento é uma despesa ou saída;
  • Histórico: forneça detalhes sobre o lançamento;
  • Valor: preencher com o valor do movimento;
  • Saldo: recursos disponíveis em caixa, após o lançamento.

Utilize a tabela acima como exemplo, coloque nossas dicas financeiras em prática e comece a controlar o fluxo de caixa da sua produtora de eventos.

Para saber mais sobre o fluxo de caixa, acesse o conteúdo: Mundo PJ: Como organizar e controlar o seu fluxo de caixa.

3. Utilize um sistema de gestão financeira

Quando falamos em dicas de gestão financeira para uma produtora de eventos, não podemos deixar de comentar sobre a importância dos sistemas de gestão financeira.

Para aqueles que estão começando um negócio com poucos recursos disponíveis para investir, as planilhas podem ajudar bastante. No entanto, é possível encontrar na internet, diversos sistemas de gestão financeira empresarial com mensalidades acessíveis.

Esses sistemas são ferramentas fundamentais para você que chegou até aqui, em busca de dicas financeiras para cuidar da sua produtora de eventos.

Desenvolvidos especialmente para este fim, os sistemas de gestão, reúnem em um único lugar, uma série de ferramentas e recursos importantes, dentre eles:

  • Controle de contas a pagar e a receber;
  • Controle de fluxo de caixa;
  • Gestão e emissão de boletos;
  • Controle de inadimplentes;
  • Conciliação bancária;
  • Baixa automática de títulos;
  • Relatórios e indicadores.

Com uma gama completa de recursos, relatórios e informações a disposição, empresários e empreendedores podem compreender melhor a saúde financeira da sua produtora de eventos e o impacto de certas decisões.

4. Acompanhe relatórios e indicadores

Não podemos falar em dicas financeiras, sem mencionar a importância dos relatórios e indicadores para a efetividade das ações de gestão.

Os relatórios e indicadores condensam e organizam de forma estratégica as informações presentes nos lançamentos e fornecem insights construtivos aos gestores e empresários.

No mundo dos negócios, acompanhar relatórios e indicadores de perto, é um dos mais importantes segredos para chegar ao sucesso.

Em outras palavras, podemos afirmar que não basta apenas separar finanças pessoais e empresariais ou lançar todos os movimentos financeiros da sua empresa em um sistema.

Para que essas ações produzam o resultado esperado, permitindo que o empresário conheça de perto a realidade financeira dos seus negócios e tome decisões estratégicas de forma assertiva, o apoio dos relatórios e indicadores é fundamental.

Dentre os relatórios e indicadores de gestão financeira que você não pode deixar de acompanhar, podemos destacar:

  • Faturamento;
  • Lucro Bruto;
  • Ponto de Equilíbrio (break even point);
  • Margem de Lucro;
  • Margem de Contribuição;
  • Liquidez Corrente;
  • EBITDA;
  • ROI;
  • Ticket Médio;
  • Provisão de Fluxo de Caixa;
  • Relatório de Contas a Pagar;
  • Relatório de Contas a Receber.

5. Construa uma reserva de emergência

Por fim, uma das mais preciosas dicas financeiras para produtoras de eventos: a construção de uma reserva de emergência.

Construir uma reserva de emergência é fundamental para garantir que o seu negócio permanecerá em funcionamento mesmo em momentos difíceis e de baixa demanda.

Nenhuma empresa, por maior que seja o seu porte ou domínio sobre o mercado, estará completamente imune a momentos de instabilidade econômica e imprevistos.

Reconhecendo isso, é fundamental que os empreendedores reservem uma parcela dos lucros obtidos pela empresa em cada período, para construção de uma reserva de emergência.

Com base na orientação dos especialistas, essa reserva deve ser aplicada em investimentos de renda fixa que garantam uma rentabilidade mínima, segurança e possibilidade de resgate rápido em momentos de necessidade.

Os recursos acumulados ao longo do tempo, devem ser suficientes para custear todas as despesas da empresa por até 12 meses, e utilizados apenas em situações de emergência que justifiquem o seu uso.

Partindo deste princípio de gestão financeira, boa parte das empresas que fecharam as portas durante a pandemia da COVID-19, por exemplo, estaria em atividade atualmente.

Além disso, com uma boa reserva financeira, sua produtora de eventos ficará livre dos juros relativos à contratação de empréstimos ou em função do atraso no pagamento de seus compromissos.

Coloque em prática nossas dicas financeiras e melhore os resultados da sua produtora

Por fim, agora que você conferiu com atenção, as 5 dicas financeiras que listamos ao longo deste conteúdo, coloque o aprendizado em prática.

Implemente as rotinas na sua empresa, organize melhor as finanças da sua produtora de eventos e garanta resultados melhores para o seu negócio.

Ao colocar em prática todas as dicas que listamos ao longo deste conteúdo, você pode:

  • Melhorar o controle de despesas da empresa;
  • Melhorar a previsibilidade de receitas;
  • Ter maior assertividade na tomada de decisões;
  • Prevenir o endividamento e a contratação de empréstimos;
  • Identificar o melhor momento para realizar investimentos;
  • Identificar quando é hora de cortar custos;
  • Conhecer de perto os resultados e a saúde financeira do seu negócio.

Para mais conteúdos e dicas de gestão empresarial, não se esqueça de salvar o blog da Fica Tranquilo Contabilidade nos favoritos e ficar de olho nas dicas que publicamos aqui.