Como funciona para abrir uma empresa do Simples Nacional?

Confira os Requisitos para se enquadrar no Simples Nacional 2021


Milhões de brasileiros compartilham do mesmo sonho: o desejo de possui o seu próprio negócio, sendo o seu próprio chefe.

No entanto, nem todo mundo sabe exatamente o que pode ser feito para dar o primeiro passo e permitir que isso seja mais que um sonho, se tornando a sua realidade.

Claro que o primeiro ponto está em saber exatamente do que será sua empresa – atuará no comércio? Na indústria? Na prestação de serviços? Quem serão os clientes? Qual público será atendido? Essas são as questões básicas que envolvem os processos iniciais antes de abrir uma empresa.

O verdadeiro grande passo está quando você tem tudo isso definido e precisa começar a tomar decisões concretas sobre a atuação do seu negócio no mercado.

Por exemplo, a escolha do regime tributário no qual a sua empresa atuará.

É sobre isso que vamos explicar hoje – mais especificamente, como você pode em 2021 tirar esse sonho da gaveta e finalmente abrir a sua empresa no Simples Nacional. [toc]

O que é o Simples Nacional? 

Como falamos antes, uma das decisões mais importantes no processo de abertura de uma empresa é a escolha do regime tributário. Ou seja, o regime de leis que define como cada empresa deve pagar os seus tributos.

Por exemplo, o pagamento dos impostos é de acordo com o lucro obtido? Com o faturamento da empresa? Com a presunção de lucro que você obterá? E como a área de atuação da sua empresa corresponde aos tributos que serão pagos?

Tudo isso é elaborado de acordo com as leis e regras de cada regime tributário – e deve ser pensado e escolhido com máxima atenção. 

Diante disso, o Simples Nacional é justamente o regime tributário mais buscado pelas empresas; e fora ele ainda existe o Lucro Presumido e Lucro Real.

Mas, o Simples Nacional faz todo esse sucesso porque, como seu próprio nome já sugere, trata-se de um regime tributário que visa facilitar e simplificar toda a forma com que uma empresa administra o pagamento dos tributos devidos, mantendo-se sempre em dia com suas obrigações fiscais.

Neste regime, os cálculos dos tributos são feitos todos em uma única guia, o DAS (Declaração de Arrecadação do Simples Nacional) e é pago unicamente.

Isso, na rotina administrativa de um empreendedor, é um grande facilitador, pois você não precisa lembrar de diferentes prazos para o pagamento dos mais variados tributos (ao total, na DAS, pode chegar a ser pago até 8 tributos diferentes de uma empresa – e imagina lembrar-se da data de cada um deles, assim como seus diferentes valores?).

Com tudo isso, a forma com que a contabilidade da empresa é feita acaba sendo muito mais simples e menos trabalhosa – o que também é ótimo para evitar erros nesse processo.

Vale ressaltar que determinados erros nos pagamentos dos seus tributos (como erros no cálculo ou até mesmo na data de pagar) pode  acarretar multas que, geralmente, são bastante altas.

Por isso, muitos empreendedores buscam pelo Simples Nacional e toda a facilidade que esse regime promove no gerenciamento contábil de um negócio.

Essa é um das principais vantagens que mais atraem a atenção dos empreendedores na hora da escolha do regime tributário.

Mas não se trata apenas disso. O Simples Nacional opera com diversos benefícios exclusivos para suas empresas.

Por exemplo, as empresas que estão no Simples Nacional possuem preferência em licitações nacionais, estaduais e municipais. E em caso de empate, o fato da empresa estar no Simples Nacional é um bônus para desempatar. 

Além disso, empresas no Simples Nacional pagam menos impostos e possuem isenção da contribuição de 20% do INSS Patronal na folha de pagamento – o que é uma grande vantagem financeira, pois reduz os custos trabalhistas.

Em ponto de vista de estratégia fiscal (ou seja, a melhor escolha para pagar menos impostos de forma legal), muitas empresas estão buscando migrar de regime tributário para o Simples.

No entanto, assim como nos outros regimes, este também possui as suas limitações e critérios, não sendo permitida que toda e qualquer empresa atue nele. 

Quem pode aderir ao Simples Nacional?

Quem pode aderir ao Simples Nacional 2021
Quem pode aderir ao Simples Nacional 2021

Um dos primeiros critérios que você deve ter em mente ao aderir a um regime tributário é a lista de atividades que são permitidas para empresas atuantes neste regime.

Neste site você consegue conferir a relação de atividades que estão enquadradas no Simples Nacional e, uma vez que a atividade da sua empresa se encaixe, você pode dar prosseguimento nos próximos critérios a serem observados.

Mas já deixamos o aviso: empresas que exercem atividades com serviços financeiros (como corretoras, por exemplo) não se enquadram no Simples Nacional; o mesmo vale para empresas cooperativas e que são constituídas sob sociedade de ações. 

Uma empresa pode fazer parte do Simples Nacional apenas se ela for uma MicroEmpresa ou uma Empresa de Pequeno Porte. Além disso, MEI também pode se enquadrar no regime do Simples.

Para uma empresa fazer parte do Simples Nacional ela não pode faturar mais de R$4,8 milhões ao ano e seus sócios não podem morar no exterior ou possuir mais de 10% de capital em outra empresa que não esteja no Simples Nacional.

Além disso, se possuir débitos no INSS também não será possível fazer o enquadramento de sua empresa no Simples Nacional.

Como abrir empresa Simples Nacional?

Com tudo isso em mente e ciente de que você  deseja abrir uma empresa no Simples Nacional é o momento de dar os primeiros passos.

O primeiro passo está em contratar a ajudar um profissional de contabilidade qualificado para te ajudar em todos os processos.

Dependendo da sua empresa, não é obrigatório ter um contador (como é no caso do MEI), no entanto, se você não possuir conhecimento contábil técnico, o processo de abertura de uma empresa pode ser bastante confuso e cansativo.

Por isso, nós da ContabilidadeOnline atuamos ajudando empreendedores que desejam dar este novo passo em sua vida profissional e regularizar o seu trabalho e negócio – e o melhor de tudo: abrimos a sua empresa de forma gratuita, sem qualquer custo a mais para este serviço.

Com a gente, tudo que você precisa fazer é:

  • Selecione um plano mensal de serviço de contabilidade para seu futuro negócio na Fica Tranquilo;
  • Receba o contrato dos nossos serviços e assine;
  • Envie para nós toda a documentação solicitada;
  • Pronto, abrimos a sua empresa!

É um processo muito simples para você e bastante tranquilo, o que permite que você conte com ajuda qualificada enquanto faz o que você sabe fazer de melhor pelo seu negócio.

E nós estamos disponíveis para tirar todas as suas dúvidas em todo o processo. 

No entanto, se você quiser saber como funciona o passo a passo da abertura da empresa, é o seguinte:

  • Elaboração do Contrato Social;
  • Registro na Junta Comercial;
  • Pedido de alvará de localização e funcionamento (caso seja necessário);
  • Inscrição municipal da empresa;
  • Inscrição estadual da empresa;
  • Inscrição da sua empresa no Simples Nacional.

Dependendo da área de atuação e do estado, pode ser que esse processo ainda seja mais complicado, com outras etapas. Mas, basicamente, funciona desta forma.

Todo esse processo pode ser muito simples para você, como empreendedor, quando você conta com profissionais que estão trabalhando na parte mais administrativa dos procedimentos, sendo necessário apenas que você levante a parte da documentação necessária.

No entanto, ao fazer sozinho você também pode correr alguns riscos, como o preenchimento inadequado de informações importantes.

O serviço de contabilidade é o seu braço direito desde os primeiros passos na abertura do seu negócio – é com estes profissionais que você pode contar para fazer as melhores escolhas visando as estratégias fiscais mais eficientes, de modo que você pague menos impostos o possível. 

Além da possibilidade de abrir a sua empresa grátis com absoluta tranquilidade e contando com uma equipe de mais de 30 profissionais que cobrem mais de 1.300 cidades brasileiras com serviços contábeis, você conta com outros benefícios na ContabilidadeOnline, como:

  • Cálculo completo de todas suas guias, impostos e pró-labores
  • Sua empresa em dia com todas as obrigações do governo, inclusive com o Imposto de renda da pessoa jurídica (IRPJ);
  • Emissão dos relatórios contábeis assinados sempre que você precisar;
  • Atendimento rápido de suas solicitações por WhatsApp, telefone ou e-mail;
  • Emissão das suas notas fiscais e encaminhamento para seu e-mail e/ou do contratante no mesmo dia da solicitação;

Então, é muito mais praticidade para você – que terá ainda acesso a nossa plataforma para conferir em tempo real o gerenciamento contábil do seu negócio.