Trabalhar como PJ: Como é?

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter

Antes as pessoas consideravam apenas trabalhar como celetista já que através da CLT o profissional tem diversos benefícios, como salário-maternidade, férias, FGTS e outras vantagens. 

Mas atualmente isso tem mudado bastante, pois diversos trabalhadores estão optando por trabalhar como PJ e não ter nenhum tipo de vínculo empregatício com as empresas.

Isso porque o trabalho como pessoa jurídica oferece vantagens tanto para o profissional quanto para a empresa, que cada vez mais tem buscado reduzir os custos em relação à contratação de profissionais.

Então, ficou curioso para saber como é trabalhar como PJ? Continue acompanhando a matéria, pois explicaremos tudo o que você precisa saber acerca desse assunto que tem sido tão comentado ultimamente! MEI para Simples Nacional

O que considerar antes de trabalhar como PJ

Antes de decidir trabalhar como PJ, é necessário que você saiba algumas informações importantes sobre o trabalho como pessoa jurídica, afinal esse é bem diferente do regime celetista. 

É importante que você saiba que a pessoa que trabalha como PJ não recebe nenhum benefício da CLT, como:

  • Carteira assinada;
  • Férias remuneradas;
  • 13º salário;
  • Licença maternidade;
  • INSS;
  • FGTS;
  • Seguro-desemprego.

Mas, em compensação, o trabalhador que atua como pessoa jurídica normalmente possui uma maior flexibilidade de trabalho e também recebe uma maior remuneração. E muitos profissionais têm optado por esse tipo de contratação já que muitas vezes é muito mais compensador financeiramente investir o dinheiro do que receber todas essas garantias.

Quando o profissional atua como PJ todo o vínculo entre empresa e empregado é determinado em um contrato que estabelece a quantidade de horas de trabalho e outras regras. Por isso esse regime de contratação tende a mudar bastante de acordo com as necessidades da organização e do trabalhador.

Portanto, se você prefere atuar como PJ do que ser contratado pela CLT, converse com a empresa e imponha os seus direitos e deveres como trabalhador. Assim ambas as partes ficarão satisfeitas, e o seu trabalho será muito mais recompensador. 

Afinal, como é trabalhar como PJ?

Muitas pessoas não sabem como funciona o trabalho como PJ, mas no geral o trabalhador possui vínculo com diversas empresas e tem um horário bastante flexível já que, na maioria das vezes, ele apenas presta serviços para a organização.

Além disso, o profissional que atua como PJ possui as mesmas vantagens que qualquer empresa: pode ter conta corrente empresarial, solicitar grandes empréstimos com o banco, fazer contrato com diversas organizações, entre outras coisas.

Trabalhar como PJ: Como é? 1

Em geral, além desses benefícios, a PJ possui um salário muito maior do que um empregado celetista e essa é a principal vantagem de atuar com pessoa jurídica. Isso porque a PJ não recebe os mesmos benefícios trabalhistas que o trabalhador regido pela CLT. 

O ideal é que, como qualquer outra pessoa jurídica, o trabalhador que presta serviços como PJ tem acompanhamento de assessoria contábil para cumprir todas as obrigações perante o fisco e não ter maiores problemas posteriores.

Nesta matéria você aprendeu o que considerar antes de atuar como PJ e o que é preciso fazer para se tornar uma pessoa jurídica com o objetivo de ser um grande profissional. 

Antes de abrir a sua PJ, procure mais informações sobre as questões fiscais e tributárias que envolvem uma pessoa jurídica, e entre em contato com a Fica Tranquilo pois resolveremos todos os seus problemas contábeis! 

Ficou com alguma duvida e não quer mais  falar com robôs?!
Entre em contato com a
Fica Tranquilo Contabilidade Online.
A Contabilidade especializada em PJ, freelancer, autônomo e prestador de serviços há mais de 11 anos.

Então fale conosco!
Será um prazer atendê-lo!
Acesse nosso Facebook: @FicaTranquiloPJ
Participe de nossa comunidade: #EuSouPJ

Viva mais e RELAXA, vem #FICATRANQUILO