Psicólogos: quais os benefícios de formalizar o seu negócio?

Psicólogos: quais os benefícios de formalizar o seu negócio? 1

Psicólogo, você já conhece os benefícios de formalizar o seu negócio e sabe o que é preciso para conquistar o seu CNPJ?

Neste conteúdo, a Fica Tranquilo Contabilidade preparou um conteúdo completo sobre o tema, explicando os benefícios de formalizar o seu negócio e também, todas as etapas que envolvem a formalização de um consultório ou clínica de psicologia.

Para saber mais sobre o assunto e esclarecer todas as suas dúvidas de forma objetiva e definitiva, continue conosco e acompanhe esse conteúdo até o final.


Benefícios para o psicólogo que busca a formalização

É cada vez maior o número de psicólogos, médicos, dentistas e outros profissionais da área da saúde que buscam a formalização, ou seja, decidem abrir um CNPJ para prestar seus serviços como pes8soa jurídica.

Observando esse tipo de movimento, você pode se perguntar, sobre o motivo que tem levado tantos profissionais a tomar essa decisão e quais são os benefícios que a formalização pode oferecer.

Foi pensando nisso, que decidimos preparar um conteúdo completo, explicando e apresentando todos os detalhes e benefícios que estão por trás da formalização de psicólogos e outros profissionais de saúde, como pessoa jurídica.

Confira na sequência, os principais benefícios de formalizar o seu negócio e atuar como pessoa jurídica (PJ):


1.Economia no pagamento de impostos

Quando o assunto são os benefícios de formalizar o seu negócio e atuar como psicólogo pessoa jurídica, o primeiro ponto que precisamos levar em consideração é a economia de impostos.

O psicólogo que atua de forma autônoma, fazendo uso do seu próprio CPF para receber dos clientes e emitir recibos, fica sujeito a uma alta carga tributária.

Basicamente, como psicólogo pessoa física (PF), você precisará recolher mensalmente, os seguintes impostos e contribuições:

  • IRPF – Imposto de Renda Pessoa Física;
  • INSS – Contribuição Previdenciária;
  • ISS – Imposto Sobre Serviços.

Por sua vez, o grande problema, é que somando todos os itens, a tributação final do psicólogo que não aderiu ao CNPJ, pode comprometer aproximadamente 50% dos seus rendimentos.

Pois temos, 20% para a Contribuição Previdenciária, 2% a 5% para o ISS e até 27,5% para o Imposto de Renda, conforme podemos observar na tabela abaixo:

Base de cálculoAlíquotaParcela a deduzir
Até 1.903,98IsentoIsento
De 1.903,99 até 2.826,657,50%R$ 142,80
De 2.826,66 até 3.751,0515%R$ 354,80
De 3.751,06 até 4.664,6822,50%R$ 636,13
Acima de 4.664,6827,50%R$ 869,36

Sendo assim, fugir da tributação elevada sobre os rendimentos como pessoa física, é um dos benefícios de formalizar o seu negócio.

Na sequência, explicaremos como funciona a tributação do psicólogo PJ, ou seja, daquele que decidiu pela formalização, para que assim, você compare e veja o quanto pode economizar.


2.Mais oportunidades de trabalho

Dentre os benefícios de formalizar o seu negócio, o psicólogo não pode deixar de considerar o maior número de oportunidades de trabalho, a qual poderá ter acesso.

Talvez, você ainda não saiba, mas é cada vez maior o número de clínicas, hospitais e empresas que preferem contratar psicólogos que possuem CNPJ e aceitam trabalhar como prestadores de serviços.

Isso acontece, pois, a contratação de psicólogos com carteira assinada envolve custos elevados com encargos e benefícios trabalhistas, incluindo:

  • FGTS – Fundo de Garantia por Tempo de Serviço;
  • CPP – Contribuição Previdenciária Patronal;
  • Férias e 13º salário.

Por sua vez, quando o psicólogo é contratado como PJ, os custos listados acima, deixam de existir, garantindo uma importante economia para os contratantes.

Sabendo disso, não tenha dúvidas, a formalização das suas atividades e a abertura de um CNPJ, poderá lhe garantir mais oportunidades de trabalho e colocação no mercado.


3.Maior remuneração

O psicólogo que decide pela formalização e atua como pessoa jurídica, tem maior facilidade para negociar a sua remuneração com os interessados em contratar seus serviços.

Além disso, a remuneração oferecida pelas clínicas, hospitais e empresas em geral, aos psicólogos que atuam como PJ, costuma ser maior que a oferecida aos profissionais CLT.

Na prática, isso acontece, pois conforme destacamos no item anterior, os estabelecimentos conseguem garantir uma boa economia em encargos e benefícios.

Sendo assim, normalmente, parte desta economia é revertida em remunerações melhores para os profissionais contratados na condição de pessoa jurídica.


4.Maior flexibilidade de horários

Por fim, quando o assunto são os benefícios de formalizar o seu negócio, não poderíamos deixar de destacar a maior autonomia e flexibilidade de horários.

Na prática, o psicólogo que presta serviços como pessoa jurídica (PJ), pode trabalhar para diferentes clínicas, hospitais e empresas, montando a sua grade de horários de forma flexível e completamente adaptada à sua rotina.

Como pessoa jurídica, o psicólogo não pode ser submetido a hierarquia profissional, nem ficar obrigado a seguir os horários rígidos que podem ser cobrados de um profissional CLT, por exemplo.

Sendo assim, para aqueles que não abrem mão da liberdade, abrir um CNPJ e trabalhar com maior flexibilidade de horários é um excelente negócio.

Dito isso, não restam dúvidas, são inúmeros os benefícios que a formalização das suas atividades pode oferecer!

Quanto um psicólogo pessoa jurídica paga de imposto?

Conforme destacamos anteriormente, um dos benefícios encontrados pelo profissional de psicologia que opta pela formalização é a economia de impostos.

A carga tributária para aqueles que desenvolvem suas atividades como pessoa física é normalmente muito elevada, enquanto que para os profissionais que atuam como PJ, temos opções mais econômicas, como o Simples Nacional e o Lucro Presumido.


Simples Nacional para psicólogos

O Simples Nacional é um regime tributário simplificado criado pela Lei Complementar 123/2006 e desde então, opção preferida para psicólogos que desejam abrir um CNPJ e formalizar suas atividades.

Um dos principais benefícios do Simples Nacional, reside na facilidade que o profissional encontra ao recolher todos os seus impostos em guia única, mas obviamente, não é somente isso.

A tributação para psicólogos que atuam no Simples Nacional pode ser bastante reduzida, iniciando em apenas 6% ao mês, a depender do caso.

No entanto, para que possamos conhecer a alíquota do Simples Nacional para psicólogos, precisamos levar em consideração a regra do Fator R.

De acordo com a regra do Fator R, temos as seguintes possibilidades:

  • Psicólogos que possuem despesas com pró-labore e folha de pagamento em volume igual ou superior a 28% da sua folha de pagamento, são tributados pela tabela do anexo III, com alíquotas menores.
  • Psicólogos que possuem despesas com pró-labore e folha de pagamento em volume inferior a 28% da sua folha de pagamento, são tributados pela tabela do anexo V, com alíquotas maiores.

Na sequência, você pode conferir os anexos e alíquotas do Simples Nacional para psicólogos:

Anexo III

FaixaReceita em 12 mesesAlíquotaValor a deduzir
Até 180.000,006,00%
De 180.000,01 a 360.000,0011,20%R$ 9.360,00
De 360.000,01 a 720.000,0013,20%R$ 17.640,00
De 720.000,01 a 1.800.000,0016,00%R$ 35.640,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,0021,00%R$ 125.640,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,0033,00%R$ 648.000,00

Alíquota inicial em 6% e alíquota máxima efetiva, (considerando deduções) de R$ 19,50%.

Anexo V

FaixaReceita em 12 mesesAlíquotaValor a deduzir
Até 180.000,0015,50%
De 180.000,01 a 360.000,0018,00%R$ 4.500,00
De 360.000,01 a 720.000,0019,50%R$ 9.900,00
De 720.000,01 a 1.800.000,0020,50%R$ 17.100,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,0023,00%R$ 62.100,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,0030,50%R$ 540.000,00

Alíquota inicial em 15,50% e alíquota máxima efetiva, (considerando deduções) de R$ 19,25%.


Lucro Presumido para psicólogos

A depender da indicação da contabilidade, o psicólogo que decide formalizar suas atividades como pessoa jurídica, também pode optar pelo Lucro Presumido.

No Lucro Presumido, os impostos não são pagos em guia única, como acontece no Simples Nacional, mas ainda assim, é possível obter uma boa economia de impostos.

Neste regime, a tributação para psicólogos é a seguinte:

  • Impostos Federais (IRPJ, CSLL, PIS e COFINS): 11,33% sobre o faturamento
  • Imposto Municipal (ISS): 2% a 5% sobre o faturamento, dependendo do município.

Somando todos os impostos, chegamos a uma alíquota efetiva que varia de 13,33% a 16,33% e na maioria dos casos, é menor que a aplicável sobre psicólogos pessoa física.

Visto isso, podemos concluir que em meio a todos esses benefícios, incluindo a economia com impostos, formalizar o seu negócio e abrir um CNPJ é uma excelente ideia para profissionais de psicologia.


Como abrir um CNPJ para psicólogos?

Por fim, agora que você já conhece os benefícios de formalizar o seu negócio, é hora de conferir o que é preciso para abrir o seu CNPJ.

No entanto, antes de mais nada, precisamos esclarecer, que ao contrário do que a grande maioria dos psicólogos acredita, abrir um CNPJ é muito simples.

Para começar, você pode optar por formalizar as suas atividades com total comodidade e facilidade, pela internet e sem sair de casa. Então, se você deseja formalizar suas atividades e obter o seu CNPJ sem qualquer tipo de burocracia, pode contar com a Fica Tranquilo!

Tenha acesso a uma Contabilidade descomplicada, humana e tranquila a partir de R$ 239,00 mensais e formalize as suas atividades conosco, abrindo o seu CNPJ gratuitamente.

Para saber mais e aproveitar os benefícios da formalização, sem pagar nada para abrir o seu CNPJ, clique aqui e entre em contato conosco!