Organização Financeira para Profissional PJ: como melhorar?

Publicado em20/01/2023

Tempo leitura11min 28s

Copiar link

Quando o assunto é organização financeira para Profissional PJ, saiba que toda atenção é necessária para garantir a rentabilidade do negócio. Mesmo que a grande preocupação do PJ esteja em garantir a satisfação do cliente, é bom lembrar sempre das finanças.

Embora pagar as contas seja fundamental, o foco da gestão financeira para PJ é potencializar os ganhos e administrar os riscos. Desse modo, é possível aproveitar as oportunidades para alavancar o crescimento do negócio.  

Entenda como melhorar as finanças do PJ, lendo esse artigo da ” Fica Tranquilo “, que explica o que fazer para manter a saúde financeira da empresa, bem como algumas dicas de gestão financeira para os profissionais PJ.

O que é organização financeira do profissional PJ e para que serve?

Para começar, saiba que a organização financeira do profissional PJ é a base para garantir a rentabilidade e o crescimento do negócio. Isso porque a ideia de organizar as finanças implica em desenvolver ações para controlar toda a movimentação financeira.

Em outras palavras, significa desenvolver uma gestão financeira assertiva, que está voltada para o planejamento, execução, análise e controle das movimentações financeiras. Pois, além de ganhar os recursos, é necessário assegurar que a sua utilização seja eficiente.

Nesse sentido, existem quatro pilares essenciais para desenvolver uma gestão estratégica das finanças do PJ, são elas:

1.º – Planejar 

O ato de planejar implica em definir os resultados a serem alcançados, em um determinado período, considerando os seguintes aspectos:

  • Situação financeira atual;
  • Oportunidades de investimentos;
  • Otimização dos recursos.

A partir desses aspectos o PJ pode desenvolver metas e fazer a simulação de cenários diferentes das suas projeções. Ou seja, estar preparado para eventuais crises e situações emergenciais, inclusive construindo um fundo de reservas financeiras.

2.º – Controlar 

Um ponto essencial para a organização financeira do profissional PJ consiste em adotar a prática do controle financeiro, ou seja, verificar se os processos estão sendo realizados como planejado.

O que permite implementar ações corretivas com rapidez, impedindo que ocorram falhas e a necessidade de retrabalho, esse é um fator crucial para equilibrar o caixa e gerenciar as despesas com assertividade.

3.º – Analisar 

Certamente, desenvolver a análise dos resultados obtidos, assim como dos processos executados, é uma das melhores práticas para manter o negócio no rumo certo. Ou seja, identificar o que não vai bem e encontrar soluções assertivas para otimizar o processo.

4.º – Investir  

Saiba que para definir os investimentos no negócio, seja em tecnologia ou outros ativos, é preciso analisar o resultado esperado de forma mensurável. Assim como o ganho para as atividades desenvolvidas com esse investimento.

Com esses quatro pilares essenciais, é fácil entender que a gestão financeira funciona como uma inteligência estratégica corporativa.

O que a falta de organização financeira do profissional PJ impacta no negócio?

Quando não existe o cuidado necessário na organização financeira para Profissional PJ, o negócio fica sujeito a diversos riscos financeiros e operacionais. Conheça a seguir os principais erros que acontecem sem uma gestão financeira eficiente:

1.º – Não estabelecer a prática de monitorar o desempenho financeiro, ou seja, avaliar os resultados obtidos por meio de indicadores de desempenho (KPIs);

2.º – Não separar as finanças da empresa das finanças pessoais, o que implica em perder o controle sobre o que é despesa do negócio e gastos do empreendedor;

3.º – Não definir o valor de um pró-labore mensal para a remuneração do profissional PJ, permitindo um efetivo controle das entradas e saídas financeiras da empresa;

4.º – Não analisar a necessidade de recursos financeiros no curto prazo, ou seja, capital de giro. Pois, pode levar o profissional PJ a ter contrair empréstimos com juros elevados;

5.º – Não monitorar as tendências de mercado, ficando sujeito a queda do faturamento devido às oscilações do setor e da própria economia do país;

6.º – Não controlar a entrada e saída de recursos financeiros, tanto os recebimentos com a prestação de serviços quanto os pagamentos de impostos, despesas, dentre outros;

7.º – Não emitir nota fiscal para a prestação de serviços ou venda de produtos, o que leva a falta de controle do faturamento, além de gerar implicações para com o fisco.

Como implementar uma organização financeira para Profissional PJ?

Para começar, saiba que para melhorar a organização financeira para Profissional PJ, é interessante adotar boas práticas financeiras. Ou seja, implementar no negócio o gerenciamento financeiro por meio de ações estratégicas. 

O que significa desenvolver um planejamento financeiro, que é uma das boas práticas essenciais para viabilizar a saúde financeira do negócio e gerar o seu crescimento. Em seguida, veja os principais aspectos para um plano financeiro do seu negócio:

  • Diagnóstico da situação financeira atual 

Para começar, é importante avaliar a situação financeira atual, ou seja, a empresa está sendo lucrativa ou está ficando no vermelho? Algumas variáveis facilitam o entendimento do cenário financeiro do negócio, como a análise SWOT.

Essa é uma ferramenta simples e de fácil aplicação, basta analisar o seu negócio em termos dos seguintes fatores:

  • Pontos fortes e fracos – aspectos internos;
  • Ameaças e oportunidades – aspectos externos.

Como resultado da aplicação dessa análise SWOT, o empreendedor desenvolve um mapeamento completo e consistente do seu negócio. Isto é, adquire uma visão macro do seu negócio em sintonia com o mercado e a economia.

  • Estabelecimento de metas e objetivos 

Para que a organização financeira para Profissional PJ seja eficiente, é preciso ter em vista o que deve ser alcançado em termos de curto, médio e longo prazo. Isso porque as metas e objetivos financeiros devem ser definidos tendo em vista um horizonte temporal.

Normalmente, para um plano de finanças as metas são definidas em termos mensais, trimestrais, semestrais e anuais. Sem dúvida, uma boa prática para definir metas é aplicando a ferramenta Objetivos Smart.

Para usar essa ferramenta, basta considerar que os objetivos e metas devem atender aos seguintes critérios em sua elaboração:

  • Elaboração do Plano de Ação 

O plano de ação consiste na definição estratégica das ações a serem implementadas, considerando tanto os recursos financeiros quanto os prazos de realização. Além disso, é fundamental estabelecer indicadores de desempenho (KPIs) para medir os resultados.

Uma boa prática para elaborar um plano de ação consiste na Metodologia PDCA.

Com essa metodologia, fica fácil alinhar os objetivos e metas com as ações a serem implementadas, bem como manter a coerência com a realidade financeira do negócio. 

Dicas para uma organização financeira para Profissional PJ 

Saiba que existem várias boas práticas para a organização financeira para Profissional PJ, que permitem desenvolver um controle eficiente e assertivo das finanças. Veja a seguir algumas dicas dessas práticas para o seu negócio:

1.º –  Uma boa organização financeira requer um controle eficiente da emissão de notas fiscais, tanto para gerenciar o faturamento quanto para o recolhimento dos impostos;

2.º – Manter as obrigações tributárias em dia e com recolhimento correto dos tributos, pois evita problemas com o fisco e o pagamento de multas e juros;

3.º – Implementar o controle das entradas e saídas de recursos financeiros, pois é essencial para uma gestão eficiente do caixa da empresa, além de permitir planejar os gastos;

4.º – Não esqueça de separar os gastos em custos e despesas, pois é a melhor forma de controlar os custos da atividade de prestação de serviços de outras despesas;

5.º – Os contratos são essenciais na prestação de serviços e devem ser gerenciados com cuidado para manter um bom relacionamento com os clientes e garantir os seus direitos;

6.º – Estabeleça um valor de pró-labore mensal, para manter a separação da pessoa física com a pessoa jurídica. Sem dúvida, é de grande importância para melhorar a gestão financeira do negócio.  

7.º – A gestão do fluxo de caixa é uma das melhores práticas para assegurar a necessidade de capital de giro, evitando ter de recorrer a empréstimos bancários com juros altos;

8.º – Estabeleça indicadores de desempenho para monitorar o desempenho do negócio, avaliando a assertividade das ações desenvolvidas. 

Conheça as soluções da Fica Tranquilo para organização financeira para Profissional PJ 

A partir de todas essas informações ficou fácil de entender como a organização financeira para Profissional PJ é essencial para garantir a saúde da empresa. Além de permitir o seu crescimento e os investimentos para a expansão do negócio.

Nesse caso e em muitos outros pode contar com as soluções oferecidas pela Fica Tranquilo. Isso porque é a primeira contabilidade online 100% para autônomos, freelancers, profissionais liberais e pessoas jurídicas, com expertise em prestadores de serviços. 

Veja as nossas soluções que temos para o seu negócio:

  • Abertura gratuita de empresa (sem taxas para São Paulo);
  • Cálculo de todas as suas guias, seus impostos e pró-labores;
  • Manter sua empresa em dia com todas as obrigações do governo – Imposto de renda da pessoa jurídica (IRPJ) incluso;
  • Emitir relatórios contábeis assinados sempre que você precisar;
  • Atender rapidamente seus chamados e solicitações (whatsapp, telefone, e-mail) e conectar seu problema direto com quem resolve;
  • Plataforma que emite notas fiscais e encaminha para seu e-mail e/ou contratante no mesmo dia da solicitação;
  • Organizar a melhor estratégia fiscal para sua empresa, de modo a pagar menos impostos possíveis e otimizar a economia do seu capital;
  • Sua contabilidade, financeiro e pagadoria, serviço completo.

Para mais informações sobre contábeis e financeiras, entre em contato com a Fica Tranquilo. Aproveite também para conhecer o canal Fica Tranquilo, que contém informações importantes para quem pretende trabalhar como profissional PJ. 

Avalie este artigo

0.0

Compartilhe
Copiar link

Todos os posts

Ver todos os posts
Gestão FinanceiraComo pagar menos impostos como PJ: passo a passo para economizar

18/06/2024 | 6min 56s de leitura

Contabilidade OnlineLTDA: como abrir a sua empresa limitada

11/06/2024 | 7min 24s de leitura

Contabilidade OnlineRazão Social: Tudo o que você precisa saber sobre o assunto

10/06/2024 | 6min 2s de leitura

Contabilidade OnlineAbc Do Empreendedor: Tudo Sobre Pró-Labore

07/06/2024 | 7min 4s de leitura

Abrir CNPJ Abrir CNPJ para profissionais de tecnologia

04/06/2024 | 7min 38s de leitura

FIQUE LIGADOAssine nossa newsletter com conteúdo exclusivo.

Informe seu e-mail e teste grátis!

evoluindo na prestação de serviços

Transforme sua MEI em ME

Nosso time de contadores te auxiliará durante todo o processo de escolha para o seu perfil profissional. Seja qual for a opção escolhida, realizaremos o desenquadramento, ou baixa do seu MEI, de forma gratuita. Com suporte prioritário para dúvidas.

Desenquadrar MEI para ME grátis

Novo app de contabilidade disponível para iOS e Android

Sua tranquilidade nossas responsabilidade, projetamos sempre com inovação nossos produtos digitais e com as melhores tecnologias do mercado.

Converse com nossa equipe comercial e tire suas dúvidas!

Preencha as informações ao lado e escolha sua opção de contato preferida para conversar com nossa equipe.