É verdade que ser PJ é difícil?

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter

Muitas pessoas pensam em se tornar pessoa jurídica, no entanto são diversas as dúvidas que surgem na cabeça do indivíduo, e a principal delas é: ser PJ é difícil?

Não há uma resposta sensata para isso, afinal o que pode ser difícil para uma pessoa, pode não ser para outra, por isso cabe a você escolher se quer se tornar uma PJ.

Para te ajudar a saber mais informações sobre esse assunto, preparamos um guia completo sobre ser PJ, e quais as suas vantagens e desvantagens. Confira o post, e saiba mais!

O que é PJ?

Para entender o que é PJ, o ideal é que primeiro você compreenda o conceito de PF.

PF é a sigla para pessoa física, que somos todos nós – mesmo que não tenha CPF. Já a PJ, que significa pessoa jurídica, é a junção de várias PF, ou apenas uma, para gerir uma organização, prestar algum serviço ou produzir algum produto.

Assim, para que exista uma PJ, é preciso que tenha pelo menos uma PF por trás, de forma a administrá-la.

É válido salientar que toda PJ possui um CNPJ, e diversas responsabilidades perante à sociedade e ao governo, principalmente em relação ao pagamento de impostos.

Quais são os prós e contras de ser PJ?

Trabalhar como pessoa jurídica possui diversas vantagens e desvantagens, por isso cabe a você decidir se é difícil ser PJ, e se quer se tornar uma.

Prós

  • Trabalha onde, como e quando quiser – PJ possui muita liberdade e flexibilidade no trabalho;
  • É possível se envolver com diferentes projetos;
  • Na maioria das vezes, possui rendimentos maiores quando comparado ao profissional celetista.

Contras

  • Não possui direitos trabalhistas – O PJ não possui FGTS, férias e 13º salário;
  • Nem sempre há clientes solicitando o seu serviço, por isso existem diversos riscos, e o PJ pode ficar vulnerável;
  • Não possui plano de carreira.

PJ vs. CLT

A maior dúvida dos profissionais hoje em dia é: ser PJ ou CLT? A realidade é que cada um possui suas vantagens e desvantagens, o ideal é mensurar o que pode ser melhor para você.

PJ

  • Flexibilidade de horário e de local de trabalho;
  • Não possui vínculo empregatício;
  • Ganha por produtividade;
  • Não tem benefícios trabalhistas.

CLT

  • Possui horário e local de trabalho fixos;
  • Tem possibilidade de crescimento de carreira na empresa onde trabalha;
  • Possui remuneração fixa;
  • Tem direito ao FGTS, 13º, férias e previdência social.

O que é preciso fazer para ser PJ?

Para ser PJ é preciso primeiramente abrir uma empresa. Para isso, você deve escolher qual o serviço que vai prestar, ou o produto que vai oferecer.

Logo depois, é necessário contratar serviços de assessoria contábil, para receber ajuda, e acompanhar a situação da saúde financeira do seu negócio.

Além disso, o contador poderá ajudar no processo de emissão de notas fiscais, e em relação às obrigações da PJ quanto a legislação fiscal e tributária brasileira.

Depois de fazer tudo isso, você já pode atuar como PJ no mercado!

Afinal, ser PJ é difícil?

Apenas você pode responder à pergunta “ser PJ é difícil?”. Afinal isso depende das suas necessidades: se prefere correr riscos, ganhar melhor, e ter mais autonomia, sem dúvidas você não terá nenhuma dificuldade em se tornar uma pessoa jurídica.

No entanto, se prefere ter mais estabilidade e segurança, é possível que você encontre muitas dificuldades no caminho de se tornar uma PJ.

Se o seu desejo é abrir uma pessoa jurídica, o ideal é que você sempre procure melhorar a sua performance, estar atento às novidades do mercado, e construir o seu nome de forma positiva, para que obtenha bastante sucesso nesse ramo.

Ficou com alguma duvida e não quer mais  falar com robôs?!
Entre em contato com a
Fica Tranquilo Contabilidade Online.
A Contabilidade especializada em PJ, freelancer, autônomo e prestador de serviços há mais de 11 anos.

Então fale conosco!
Será um prazer atendê-lo!
Acesse nosso Facebook: @FicaTranquiloPJ
Participe de nossa comunidade: #EuSouPJ