Quais os riscos de não pagar os impostos da minha empresa em dia?

Existem diversos riscos decorrentes de não estar em dia com o Fisco, os motivos vão desde a sonegação fiscal da empresa, ou até mesmo a falta de conhecimento e análise no momento do recolhimento de impostos. O ideal é que você esteja a par das consequências provenientes dessa imperícia, abaixo iremos destacar os riscos de não manter os pagamentos em dia:

Primeiro é necessário conhecer o termo “Evasão Fiscal” e o porquê e ele pode ser tão prejudicial ao seu negócio.

Caracteriza-se por evasão fiscal toda a tentativa retardar, diminuir ou evitar por completo o pagamento das obrigações fiscais e tributárias.

Ou seja, não se trata apenas do não pagamento dos impostos, mas também, de qualquer tentativa diminuir ou atrasar o pagamento de valores que são devidos pela empresa. Além desses pontos citados, vale destacar que a emissão e entrega de relatórios ou declarações falsas também caracterizam crime de Sonegação de Impostos, previsto no artigo 1° da Lei N° 4.729 de 1965, sendo crime de ordem financeira.

Quem poderá ser responsabilizado em caso de Sonegação?

Esses crimes de ordem financeira recaem nas empresas, contadores, diretores e até mesmo funcionários que estejam envolvidos no esquema são responsabilizados criminalmente.

Consequências

Além do pagamento integral do que foi sonegado, e a instauração de um processo especifico, os bens e contas dos sócios são bloqueadas até que a pendência com o Fisco seja devidamente sanada.

A empresa é impedida de participar de qualquer processo que exija “ficha cadastral limpa”, e serão aplicadas multas com valores bastante elevados, podem chegar a 220% do valor devido.

É necessário ter um contador de confiança

A dica é manter a sua empresa em dia, entre em contato com um contador de confiança para cuidar da tributação da sua empresa de modo correto. Os riscos são enormes e as consequências são vorazes.

Muitas grandes empresas entraram em estados de falência por sonegação e ilicitude de documentação entregue ao fisco.
Existem muitas opções para a regularização de débitos, os mais viáveis geralmente são os parcelamentos, que permitem uma melhor organização financeira para a quitação das pendências.

Como diz o título, é extremamente necessário que você confie inteiramente em seu contador. O profissional deve:

  • ser atento
  • honesto quanto a situação tributária real do empreendimento
  • deve fornecer relatórios e certificações com informações 100% verdadeiras
  • ser vigilante quanto a cada imposto que deve ser pago de acordo com seu enquadramento

As consequências de um serviço contábil e fiscal mau feito é devastador para qualquer empresa. Além das consequências citadas acima, a empresa perde totalmente a credibilidade perante os clientes e possíveis investidores.

Você quer mesmo ter que se preocupar com tudo isso?

Ter que se preocupar com Emissão de Notas, Abertura de Empresas, Desenquadramento ou qualquer outra burocracia acaba com a sua produtividade e sua tranquilidade.
Deixe isso para quem tem prazer em te ajudar e é especialista em PJs e Freelancers.
Nosso foco é criar soluções inteligentes para contabilizar impostos e burocracias para você ser contador de novas histórias.
Entre em contato com alguém do nosso time ou deixe seu número ou email que entramos em contato e diga adeus à Burocracia!